CRÔNICA - As Gostosas Águas do Lago do Miriti

CRÔNICA
As Gostosas Águas do Lago do Miriti
Aqui na famosa Orla do Miriti, do ponto seu ponto mais alto – o mirante –, contemplo o balanço das turvas águas do lago do Miriti. Estão turvas porque é época de seca, mas quando a cheia vem, elas se tornam negras e brilhantes aos raios do sol. Toda essa visão me remete um período ímpar da minha vida: infância.
É como se estivesse acontecendo neste exato momento. Os passos acelerados de uma garotada que adorava pular n’água, o grito forte dizendo “quem pular por último é a manja”, as gargalhadas estridentes... Meu Deus, aquilo sim era alegria pura! Eu, particularmente, não via a hora de sair da escola, jogar um bom futebol no campinho atrás de casa e depois ir tirar o suor nas gostosas águas do Miriti.
Isso era durante a semana, porque aos domingos o “point” era aqui mesmo, na Orla. Sim, na Orla. Aqueles domingos ensolarados eram perfeitos para os manacapuruenses virem se refrescar no nosso tão querido lago. Famílias inteiras viam para cá. Faziam churrasco, jogavam futebol, vôlei etc. Sempre embalados por música ao vivo de bandas locais. E é claro muito banho, mesmo quando as cana-arana e os murerus tentavam atrapalhar. Aliás, era bem mais empolgante brincar de manja entre eles. Era mais emocionante ter que mergulhar entre os capins.
Hoje a realidade não é mais tão parecida como a de antes. A Orla e nosso querido lago estão, de alguma forma, abandonados. Muita vegetação, muito lixo, muita poluição e pouco cuidado com esses tão valiosos patrimônios da nossa cidade. Contudo, essas coisas não apagarão jamais a beleza e a importância que eles têm para o povo de Manacapuru.
O lago do Miriti sempre será aquele nos “purifica”, aquele que coloca água nas nossas torneiras, aquele que nos dá peixe; é verdade, peixe sim, eu mesmo peguei muitos quando adolescente, tenho testemunhas!
Ele será, tanto para as gerações passadas como para as vindouras, o lago das águas gostosas, das águas negras e refrescantes.
Johnatas Silva

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE DEVO FAZER PARA HERDAR A VIDA ETERNA?

Breve Análise do Conto MAIBI de Alberto Rangel

Resumo da UNIDADE A do livro Fonética e Fonologia do Português Brasileiro